Notícia

CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO

Secretaria de Estado da Ciência, da Tecnologia e da Inovação
Segunda, 29 Fevereiro 2016 14:35

Secti entrega mais uma etapa da obra do Polo de Tecnologia da Informação

Com a finalização da coberta do prédio principal, obra se aproxima dos 70% de conclusão

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
  • Whatsapp
  • Google +

Déborah Moraes

A secretaria da Ciência, Tecnologia e Serviços (Secti) concluiu hoje, 29, mais uma etapa da obra do Polo de Tecnologia da Informação, Comunicação e Serviços (Polo de Tics), em construção em Jaraguá, a finalização da coberta do prédio principal.

Em vistoria à obra, o secretário Pablo Viana, acompanhado do engenheiro responsável, Rômulo Martuscelli, e da equipe técnica da Secti, visitou todos os andares da edificação e conferiu de perto os avanços que estão sendo feitos.

Com a conclusão desta etapa, além de dar maior segurança a toda estrutura da edificação, outras fases importantes da obra, como a colocação de piso, revestimento, gesso, acabamento interno e implantação de divisórias, já podem começaram a ser executadas.

Para o secretário Pablo Viana, o mais importante é observar o cumprimento de prazos e metas, já que a obra que deve ser entregue no segundo semestre deste ano, já se aproxima dos 70% de finalização. "O Polo de Tics é uma obra de grande importância para o setor de TI e para toda população alagoana; o cumprimento dos prazos e as entregas sistemáticas de sua etapas é uma obrigação nossa", salientou o secretário.

Polo de Tecnologia da Informação, Comunicação e Serviços (Tics)

O Polo de Tics faz parte do Parque Tecnológico de Alagoas, e será um espaço de intermédio entre os governos estadual e municipal, instituições de ensino público e privado, empresas e o mercado.

Contando com ambiente de interação, salão multiuso para 700 pessoas, setor educacional destinado a área acadêmica, biblioteca, núcleo de ideias, um anfiteatro para 300 pessoas, além da capacidade de acomodar até 40 empresas de pequeno, médio e grande porte, sua finalidade será promover soluções integradas de tecnologia para melhorar o desempenho das empresas instaladas no estado, principalmente em questões de registros e patentes.

Localizado em um prédio tombado pelo patrimônio histórico, faz parte também de um projeto de melhoria do bairro histórico de Jaraguá, proporcionando visibilidade e atraindo a circulação de pessoas, o que contribui para o desenvolvimento da cultura e turismo para a região que possui grande parte do patrimônio arquitetônico de Maceió.