Notícia

CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO

Secretaria de Estado da Ciência, da Tecnologia e da Inovação
Segunda, 26 Março 2018 18:16
PRODUÇÃO CIENTÍFICA

Secti e Ufal lançam edital da 2ª edição da Feira de Ciências da Educação Básica de AL

Submissões de trabalhos para a Experiment-AL seguem até 17 de junho

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
  • Whatsapp
  • Google +
Este ano a feira acontece durante o maior evento científico da América Latina Este ano a feira acontece durante o maior evento científico da América Latina Ascom/Secti
Texto de Geysa Miranda

Uma oportunidade para estudantes da rede pública e privada de ensino do Estado de Alagoas apresentarem seus trabalhos de pesquisa e ainda concorrerem a bolsas de iniciação científica do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). A 2ª edição da Feira de Ciências da Educação Básica de Alagoas (Experiment-AL) está chegando e seu edital será lançado nesta sexta-feira (23) – disponível no sitewww.experiment.al.gov.br a partir de 12h. As inscrições para submissão dos trabalhos seguem até 17 de junho. Serão aceitos experimentos científicos, maquetes e projetos de pesquisas.

Podem participar estudantes do ensino fundamental e médio das escolas públicas e privadas de Maceió e do interior do Estado, alunos do ensino profissionalizante e da Educação de Jovens, Adultos e Idosos (Ejai).

Com o objetivo de mediar o encontro da produção científica e tecnológica desenvolvida nas escolas do Estado, este ano a feira acontece durante o maior evento científico da América Latina, a 70ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), que acontecerá pela primeira vez em Maceió. Serão quatro dias (de 23 a 27 de julho) com exposições de trabalhos de pesquisa de estudantes de Alagoas.

A Experiment-AL é uma realização da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), da Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) e do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

Edição 2016

Em 2016, a Experiment-AL contou com 116 projetos submetidos, 50 selecionados e a participação de 24% das escolas da capital e 76% do interior do Estado. Foram cerca de 300 alunos, com seus professores/orientadores que expuseram experimentos, maquetes e projetos. No total, foram nove premiações, sendo três primeiros lugares do ensino fundamental e médio, professor e escola destaque e trabalho mais popular. Os alunos premiados em 1º lugar nas categorias Ensino Fundamental e Médio foram contemplados com bolsas do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), por meio da Chamada MCTIC/CNPq/SECISnº20/2015.