Notícia

CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO

Secretaria de Estado da Ciência, da Tecnologia e da Inovação
Quinta, 09 Janeiro 2020 16:27
POPULARIZAÇÃO DA CIÊNCIA

Secti muda realidade de crianças e jovens do Estado por meio da ciência e tecnologia

Oficinas de iniciação à robótica já atenderam mais de 4 mil jovens

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
  • Whatsapp
  • Google +
Ações realizadas estimulam o desenvolvimento da pesquisa científica Ações realizadas estimulam o desenvolvimento da pesquisa científica Ascom Secti
Texto de Geysa Miranda

Um dos pontos focais da Secretaria de Estado da Ciência, da Tecnologia e da Inovação (Secti) é fazer com que a pesquisa e a tecnologia chegue aos 102 municípios de Alagoas, principalmente as comunidades mais carentes do Estado. Desde que assumiu a pasta, a secretária Cecília Rocha, vem trabalhando para que isso seja uma realidade e com a ExpoSecti, que consiste em atividades lúdicas que permeiam pela tecnologia, inovação, criatividade, consciência ecológica, sustentabilidade e socialização, mais de 4 mil crianças e jovens já entraram em contato com o universo da pesquisa científica.

As oficinas de iniciação à robótica permitem que estes jovens construam protótipos robóticos em forma de carro (o carrobô) utilizando resíduos sólidos reutilizáveis (garrafa pet) e estimulando a curiosidade, além disso atividades como CinemAção (sessão de cinema sobre tecnologia e inovação) e oficinas de foguetes também feitos de garrafa pet e canudos de papel, ensinam aos jovens noções básicas de ciência de forma divertida e interativa.

Para a secretária da Secti, Cecília Rocha, essas ações proporcionam às crianças novas perspectivas que auxiliam no desenvolvimento para o futuro e estimulam a interação, o espírito de liderança, a confiança e a sociabilidade.

 “Por meio dessas atividades, as crianças conhecem novas técnicas e criam novas perspectivas. A atividade exige uma concentração e percepção que ajuda as crianças no dia a dia, além de servir como estímulo para despertar o conhecimento”, disse a secretária.

Segundo o assessor técnico da Secti e responsável pelas ações, Wilmar Rabelo, “o objetivo central das atividades que são realizadas é a promoção da ciência, da tecnologia e da inovação junto aos municípios para que as crianças possam ter acesso à robótica na prática e confecção de foguetes, fazendo com que aprimorem seu intelecto e o convívio interpessoal”, explicou Wilmar.

Esta ação já atendeu a 18 municípios, sendo eles Craíbas, Inhapi, Mata Grande, Pariconha, Água Branca, Maribondo, Japaratinga, Belém, Flexeiras, São Luiz do Quitunde, Passo de Camaragibe e Palmeira dos Índios, Girau do Ponciano, Murici, Tanque D´Arca, Mar Vermelho, Maragogi além da capital Maceió.  

Brasília

Durante a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia em 2019 (que aconteceu de 21 a 27 de outubro) as oficinas de iniciação à robótica também foram realizadas em Brasília, a pedido do Ministro da Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes. Foram sete dias de atividades atendendo mais de mil crianças de vários estados do Brasil.

Experiment-AL

Uma outra oportunidade para jovens estudantes da rede pública e privada de ensino do estado de Alagoas desenvolverem pesquisa científica é a Feira de Ciências da Educação Básica de Alagoas, a Experiment-AL, que acontece desde 2016 e já revelou grandes talentos do Estado na área de CT&I. Em 2019 ela aconteceu de 04 a 07 de novembro no Centro de Inovação, no bairro do Jaraguá.

Com o tema “Inovação e empreendedorismo: soluções para cidades inteligentes”, este ano, 50 trabalhos de pesquisa de estudantes de Alagoas ( capital e interior), de 17 cidades do Estado além da capital Maceió, foram apresentados durante o evento e os primeiros colocados das categorias fundamental e médio ganharam uma bolsa de iniciação científica, durante 12 meses, para dar andamento a sua pesquisa.